Profissionais e acadêmicos da área da saúde dão dicas importantes aos alunos do Núcleo Natal/RN do projeto Vôlei em Rede

No dia 05 de abril, alunos do projeto Vôlei em Rede conhecem o funcionamento do Samu de Natal/RN.

Orientações de primeiros socorros conquistaram a atenção das crianças e adolescentes do Núcleo Natal/RN do projeto Vôlei em Rede. Além de assistirem a uma palestra sobre o tema, os alunos participaram de atividades práticas durante o dia 05 de abril. Eles ficaram atentos às informações passadas pelos profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) da cidade e pelos acadêmicos da Universidade Potiguar – UnP. Na semana anterior, os alunos receberam dicas sobre alimentação saudável.

Crianças e adolescentes aprendem a realizar reanimação cardiopulmonar.

Segundo a coordenadora do Núcleo de Educação Permanente do Samu, Rogéria Abrantes, o projeto Samuzinho tem como objetivo desenvolver atividades teóricas e práticas para levar conhecimento a crianças e jovens e alertar sobre os prejuízos causados por trotes. Na oportunidade, os alunos do projeto receberam noções sobre suporte básico de vida, reanimação cardiopulmonar, desobstrução das vias aéreas e funcionamento do Samu Natal. A analista de projetos do Instituto Compartilhar, Kátia Keller, esteve presente e acompanhou toda a ação.

Acadêmicos de enfermagem da Universidade Potiguar realizam palestra sobre alimentação saudável no dia 31 de março.

No dia 31 de março, os alunos também estiveram envolvidos com o tema saúde. Eles participaram de uma palestra feita pelos acadêmicos de enfermagem da Universidade Potiguar sobre a importância de manter uma alimentação saudável e sua relação com a prática de esportes e atividades físicas. Ao final da palestra os alunos foram contemplados com uma degustação especial de salada de frutas.

Fotos: Divulgação IC

Parceiros do Núcleo Natal/RN: Prefeitura Municipal do Natal, Natal Volley Club, Centro de Educação Integrada e Universidade Potiguar.

Atividade de Páscoa envolve voleibol, diversão e valores no Núcleo Guaratuba/PR

Alunos do Núcleo Guaratuba/PR praticam o fundamento toque durante atividade de Páscoa.

No dia 23 de março, em comemoração à Páscoa, os alunos das categorias Mini 3×3 e Vôlei do Núcleo Guaratuba/PR participaram de uma atividade especial.  A brincadeira escolhida para festejar a data foi “Coelhinho sai da Toca”, porém com adaptações ao esporte favorito dessa garotada. Não faltou diversão e prática de valores no ginásio do Colégio Estadual Prefeito Joaquim da Silva Mafra, sede do projeto Núcleos de Iniciação ao Voleibol no Paraná.

Competidores correm para garantir seu lugar e continuar na disputa da brincadeira “Coelhinho sai da Toca”.

A brincadeira funcionou da seguinte maneira: várias duplas, dispostas ao longo da rede, tinham que desempenhar o fundamento do toque até o momento em que a professora gritasse “cada coelho em sua toca!”. Após esse sinal, os alunos que estavam em um dos lados da rede precisavam correr até os bambolês colocados no chão, que estavam em um número menor do que os participantes. Aqueles que não conseguiam eram eliminados da atividade.

Adolescentes recebem bombons.

Na hora da conquista da toca alguns empurrões entre a garotada foram inevitáveis, mas a professora Cássia Graciotto aproveitou a oportunidade para trabalhar o valor respeito e ensinar aos alunos como lidar com as vitórias e derrotas. “Após a brincadeira nos reunimos e conversamos em uma grande roda sobre os pontos positivos e negativos da atividade”, explicou a professora. Ao final, todos ganharam lembranças de Páscoa.

Fotos: Divulgação IC.

Parceiros do projeto Núcleos de Iniciação ao Voleibol no Paraná: Governo do Estado do Paraná e Unilever. Via Lei Federal de Incentivo ao Esporte: Unilever e Ministério do Esporte.

Fotos: Divulgação IC.

Parceiros do projeto Núcleos de Iniciação ao Voleibol no Paraná: Governo do Estado do Paraná e Unilever. Via Lei Federal de Incentivo ao Esporte: Unilever e Ministério do Esporte.

Núcleo Natal/RN participa da 3ª Caminhada pela Inclusão em comemoração ao Dia Internacional da Síndrome de Down

Alunos do Núcleo Natal/RN se preparam para a 3ª Caminhada pela Inclusão em comemoração ao Dia Internacional da Síndrome de Down.

Os alunos do Núcleo Natal/RN saíram pelas ruas da cidade no domingo, 20 de março, para comemorar o Dia Internacional da Síndrome de Down – celebrado oficialmente no dia 21. A empolgação da garotada durante a 3ª Caminhada pela Inclusão chamou a atenção. Ao todo, 50 crianças e adolescentes participaram do evento com o objetivo de reforçar o princípio da igualdade entre todos. Algumas mães também marcaram presença.

Participantes do evento carregam faixas com mensagens de carinho aos portadores da síndrome.

Durante o percurso, as crianças e adolescentes carregaram faixas com mensagens de carinho aos portadores da síndrome, como “Não somos diferentes, fazemos a diferença”. Além da caminhada, os alunos puderam participar de uma aula de Zumba. O tempo ajudou bastante, o dia estava ensolarado e facilitou a realização das atividades físicas.

Crianças e adolescentes ajudam a manter a limpeza do local.

Para repor as energias, os alunos ganharam lanches e foram cooperativos ao manterem a limpeza do local: eles ajudaram a recolher copos plásticos e latinhas de refrigerante do chão.  A Universidade Potiguar (UnP), parceira do Núcleo Natal, cedeu o transporte para viabilizar a participação das crianças e adolescentes no evento.

Fotos: Divulgação IC.

Parceiros do Núcleo Natal/RN: Prefeitura Municipal do Natal, Natal Volley Club, Centro de Educação Integrada e Universidade Potiguar.

Professores do Núcleo Central, em Curitiba, participam de Semana Pedagógica

Professores do Núcleo Central se reúnem para discutir o planejamento de aulas para 2016.

Realizada sempre no começo e no meio do ano, a Semana Pedagógica dos professores do Núcleo Central – Curitiba/PR tem como propósito principal o planejamento de ações para os meses subsequentes de aulas e, é claro, a troca de conhecimentos sobre a Metodologia Compartilhar de Iniciação ao Voleibol para aperfeiçoar os processos de trabalho. Em 2016, o evento aconteceu entre os dias 25 e 28 de janeiro no campus da Secretaria do Estado do Esporte e do Turismo, onde são realizadas as aulas do projeto Núcleos de Iniciação ao Voleibol no Paraná. O coordenador Fabiano Prado e a professora Gabrielle Benetti do projeto Esporte em Ação, Núcleos São José dos Pinhais/PR também estiveram no encontro.

Semana pedagógica conta com alunos para as atividades práticas.

Na oportunidade, foi realizada a apresentação do calendário do ano e discutidos temas como desenvolvimento técnico pedagógico e planejamento de eventos. “A maioria dos professores tem a metodologia muito bem incorporada, mas sempre estamos mudando ou inserindo novos conceitos”, explicou o coordenador pedagógico do projeto Núcleos de Iniciação ao Voleibol no Paraná, Josmar Coelho. A novidade é que a equipe passou a contar com dois novos integrantes, a professora Gabriela Machado, ex-aluna do projeto e já esteve na Semana Pedagógica, e o professor Luiz Fernando Silva.

Equipe de professores discute a Metodologia Compartilhar de Iniciação ao Voleibol.

“A semana pedagógica já se consolidou como um evento que tem como característica muita discussão em cima do que produzimos dentro de nosso ambiente de trabalho. é o momento em que os professores cuidadosamente apresentam suas expectativas e críticas muito bem fundamentadas a respeito do processo ensino-aprendizagem. O foco é sempre o aluno”, complementou Josmar.

Fotos: Divulgação IC.

Parceiros do projeto Núcleos de Iniciação ao Voleibol no Paraná: Governo do Estado do Paraná e Unilever. Via Lei Federal de Incentivo ao Esporte: Unilever e Ministério do Esporte.

Passeio a parque aquático marca último encontro de 2015 dos alunos de Curitiba e São José dos Pinhais/PR

Saída dos alunos do Núcleo Central – Curitiba/PR: com lanches e roupas de banho em mãos, garotada se prepara para iniciar o passeio.

Passar um dia ensolarado e quente em um parque aquático é prato cheio para diversão, principalmente se 350 crianças e adolescentes estiverem reunidos. Foi isso mesmo o que aconteceu na comemoração de final de ano dos alunos e ex-alunos do Núcleo Central – Curitiba/PR do projeto Núcleos de Iniciação ao Voleibol no Paraná e dos colegas dos Núcleos S. J. dos Pinhais/PR do projeto Esporte em Ação. Juntos eles aproveitaram a segunda-feira, 14 de dezembro, no Panorâmico Parque Clube em Pinhais – município localizado na região metropolitana de Curitiba. A euforia foi geral, nem os professores resistiram ao encanto do local. Pais e responsáveis também foram e ajudaram a ficar de olho na garotada.

Balde gigante é uma das atrações do Panorâmico Parque Clube.

Os mais corajosos enfrentaram os tobogãs mais altos, mas lá tinha opções para todos os gostos. Além de vários escorregadores e piscinas, o brinquedo que mais agradou a garotada foi uma espécie de balde gigante, localizado em cima de uma grande estrutura, que funciona semelhante à queda de uma cachoeira: quando cheio, ele vira e a água cai com bastante força em todos que estão abaixo dele. Os alunos adoraram a brincadeira e até chegaram a contar os segundos na expectativa do banho de água.

O aluno Fernando da Silva, 15 anos, da categoria Vôlei do Núcleo Central, revelou que foi a sua segunda vez no parque aquático com a galera do projeto Núcleos de Iniciação ao Voleibol no Paraná e que se divertiu muito com os colegas. As alunas da categoria Mini 3×3 do projeto Esporte em Ação, Thais Freire, 11 anos, e Larissa Barbosa, 12 anos, também gostaram bastante do passeio. “Muito legal! Não é todo dia que podemos vir ao parque aquático”, comentou Thais satisfeita. A colega Larissa destacou a oportunidade de praticar os valores ensinados na Metodologia Compartilhar de Iniciação ao Voleibol. De acordo com ela, os alunos cooperaram ao levarem doces, salgados, sucos e refrigerantes para comerem e foram responsáveis já que cuidaram de seus pertences e dos colegas mais novos.

Comemoração de final de ano é animada para as crianças e adolescentes dos projetos Esporte em Ação e Núcleos de Iniciação ao Voleibol no Paraná.

O evento estava previsto para acontecer uma semana antes, mas devido ao mau tempo em Curitiba, foi adiado. Apesar de alguns transtornos, a mudança deixou o ex-aluno Lucas Eidi contente. Ele prestou vestibular para engenharia mecânica e a segunda fase foi realizada na data inicialmente estipulada para o passeio. Alívio para ele e para os demais colegas, pois no dia 14 o sol apareceu e deixou o encontro muito agradável. Sobre a comemoração de final de ano, ele dispensou rodeios: “muito legal”. À tarde foram distribuídos picolés a todos.

Parceiros do projeto Núcleos de Iniciação ao Voleibol no Paraná: Governo do Estado do Paraná e Unilever. Via Lei Federal de Incentivo ao Esporte: Unilever e Ministério do Esporte.

Parceira dos Núcleos S. J. dos Pinhais/PR: Prefeitura Municipal de São José dos Pinhais.

Fotos: Divulgação IC. 

Paz e amor ao próximo é tema de festival de voleibol do Núcleo Ponta Grossa/PR

Alunos do projeto Núcleos de Iniciação ao Voleibol no Paraná se divertem com muito voleibol e debate sobre cultura de paz.

Jogos de voleibol e valorização da cultura de paz marcaram o festival do Núcleo Ponta Grossa/PR, do projeto Núcleos de Iniciação ao Voleibol no Paraná. O evento ocorreu no dia 14 de dezembro e foi promovido pelo professor do núcleo, Evaldo de Godoy, juntamente com os alunos. Cerca de 40 crianças e adolescentes estiveram presentes no ginásio de esportes do Colégio Linda Bacilla, sede das aulas de minivôlei.

O evento teve início com uma conversa entre Evaldo e os alunos sobre o tema “paz e amor ao próximo”. Para ilustrar, foram produzidos dois cartazes com imagens de personagens importantes que promoveram a cultura de paz, como Jesus, Mahatma Gandhi, Nelson Mandela e Madre Tereza de Calcutá. “Foram discutidos a moral e os valores humanos dessas pessoas, que com suas atitudes contribuíram para incentivar a paz no mundo”, explicou o professor. A aluna Emili Santos, 14 anos, da categoria Vôlei, gostou do bate papo. “Foi bom ouvir falar de paz, visto que vivemos num mundo tão violento”, comentou.

Lanche ao final do evento proporciona momento de integração entre alunos do Núcleo Ponta Grossa.

Em seguida, a garotada das categorias Mini 3×3 (11 e 12 anos), Mini 4×4 (13 anos) e Vôlei (14 e 15 anos) se divertiram dentro das quadras e aproveitaram bastante o último festival de voleibol do ano. A princípio, o evento estava marcado para o dia 5 de dezembro, mas foi cancelado porque boa parte dos alunos não poderia comparecer. A vontade de participar de mais um encontro do projeto foi tanta, que as crianças e adolescentes conversaram com o professor e conseguiram remarcar o evento para o dia 14. “Os alunos da categoria Vôlei sugeriram a realização na segunda-feira, visto que seria um dia de aula e quase todos poderiam estar presentes”, conta o professor. Ao final todos confraternizaram por meio de um lanche.

Parceiros do projeto Núcleos de Iniciação ao Voleibol no Paraná: Governo do Estado do Paraná e Unilever. Via Lei Federal de Incentivo ao Esporte: Unilever e Ministério do Esporte.

Fotos: Divulgação IC.

Bernardinho e atletas de vôlei do Rexona-Ades fazem a alegria dos alunos dos Núcleos Rio/RJ em festival de encerramento

Festival de Encerramento dos Núcleos Rio/RJ reúne 400 meninos e meninas do projeto Vôlei em Rede, Núcleos Rio/RJ.

Festival de Encerramento dos Núcleos Rio/RJ reúne 400 meninos e meninas do projeto Vôlei em Rede, Núcleos Rio/RJ.

Ginásio cheio, bola no ar e muita alegria resumem o Festival de Encerramento dos Núcleos Rio/RJ do projeto Vôlei em Rede realizado no dia 03 de dezembro na Universidade Federal do Rio de Janeiro. Mais de 400 meninos e meninas participantes dos 14 núcleos em atividades neste ano participaram de jogos e oficinas de valores durante toda a manhã. Para encerrar com chave de ouro, receberam ainda a visita especial de Bernardinho, diretor presidente do Instituto Compartilhar e técnico de voleibol, e das atletas Fabi, Régis e Roberta da equipe Rexona-Ades.

 

 

 

Alunos participam de oficina de cálculo de Índice de Massa Corporal nos intervalos dos jogos.

Alunos participam de oficina de cálculo de Índice de Massa Corporal nos intervalos dos jogos.

Divididos em quadras de cada categoria, Mini 3×3, Mini 4×4 e Vôlei, os participantes tiveram a oportunidade de jogar com alunos de diversos núcleos diferentes, se divertir, trocar experiências e se autoavaliar em relação a atuação em quadra. Os valores trabalhados no dia a dia do projeto foram praticados a todo momento, inclusive quando precisaram arbitrar os jogos dos colegas. Em forma de rodízio, todos passaram também pelas oficinas – de cálculo de Índice de Massa Corporal e reflexão sobre os hábitos e atitudes diárias em relação ao contato e respeito à natureza e às pessoas.

 

 

 

Jogadoras da equipe Rexona-Ades de voleibol feminino, Roberta, Régis e Fabi, acompanhadas de Bernardinho, diretor presidente do Compartilhar, visitam festival.

Jogadoras da equipe Rexona-Ades de voleibol feminino, Roberta, Régis e Fabi, acompanhadas de Bernardinho, diretor presidente do Compartilhar, visitam festival.

O ponto alto do evento, foi quando, de surpresa, chegaram as atletas de voleibol adulto da equipe Rexona-Ades: a líbero Fabi, a ponteira Régis e a levantadora Roberta, esta ex-aluna do Compartilhar em Curitiba. Sempre simpáticas e solícitas, as jogadoras entraram em quadra para bater bola com os alunos e, junto com Bernardinho, tiraram fotos com os alunos e distribuíram autógrafos que ficaram marcados na camiseta do projeto como um dia inesquecível.

Ao final, todos os alunos receberam medalhas das mãos dos professores e voltaram ainda mais felizes para os seus núcleos do que quando chegaram. A organização contou com ajuda de acadêmicos de educação física da Universidade Federal do Rio de Janeiro, parceira do evento pelo segundo ano consecutivo.

Parceiros dos Núcleos Rio/RJ: Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro e Unilever, via Lei de Incentivo ao Esporte: Unilever e Ministério do Esporte.

Núcleos Campinas/SP encerram o ano com muito voleibol

Alunos do Núcleo São Domingos – Campinas/SP se divertem e ganham brindes natalinos durante festival de encerramento das atividades do núcleo em 2015.

Os quatro Núcleos Campinas/SP, do projeto Vôlei em Rede, encerraram 2015 com bastante festa, cada um de um jeito, mas é claro que nenhum deixou de lado o voleibol. As comemorações aconteceram entre a primeira e a segunda semana de dezembro e serviram para fechar 2015 com chave de ouro. Além das confraternizações, foram realizados jogos e atividades lúdicas.

No dia 3 de dezembro, a professora do Núcleo São Domingos, Márcia Sanches, recebeu os alunos das categorias Mini 2×2 (9 e 10 anos) e Mini 3×3 (11 e 12 anos) na quadra poliesportiva da Escola Municipal Odila Maia Rocha Brito, local de realização das aulas. Além dos jogos, eles participaram de um sorteio com alguns artigos natalinos e acompanharam a premiação do colega Dener Lima, 12 anos, do Mini 3×3, que foi aluno destaque do ano. Também teve entrega de medalhas a todos os participantes e lanche comunitário. O aluno Wellington Santos, 10 anos, do Mini 2×2, gosta tanto das aulas que perguntou a professora: “eu não quero que as aulas acabem, a professora pode vir nas férias dar aula para gente?”.

Crianças e adolescentes do projeto Vôlei em Rede colaboram com a organização dos eventos.

Já no dia 9 de dezembro foi a vez dos alunos do Núcleo São Vicente se encontrarem para encerrar o ano de maneira bastante divertida. As crianças e adolescentes das categorias Mini 2×2 e Mini 3×3 compareceram ao ginásio de esportes da Escola Municipal Júlio de Mesquita Filho e lá participaram de jogos de voleibol e do Amigo Chocolate. Nesta brincadeira, cada aluno sorteou um colega para entregar junto com o presente uma medalha do projeto. A aluna Gabriela Fernanda, 11 anos, do Mini 3×3, adorou o festival. “Foi muito bom, vou sentir saudades”, contou.

Os núcleos São Cristóvão e Boa Vista – Campinas/SP encerraram as atividades do ano nos dias 01 e 03 respectivamente. Assim como nos outros núcleos, a garotada recebeu certificados, jogou voleibol com os colegas e saboreou doces e salgados para deixar as festas ainda mais gostosas. Os alunos colaboraram com a organização dos eventos e mostraram que aprenderam muito em 2015.

Parceiros dos Núcleos Campinas/SP: Prefeitura Municipal de Campinas, Brasil Kirin e com apoio da Sanasa.

Fotos: Divulgação IC.

FestiVôlei Compartilhar 2015 promove encontro e boas lembranças entre ex-alunos, alunos e professores do projeto Núcleos de Iniciação ao Voleibol no Paraná

O coordenador do projeto Núcleos de Iniciação ao Voleibol no Paraná, Josmar Coelho, relembra bons momentos ao lado de ex-alunas.

O dia 5 de dezembro foi marcado por muito voleibol e boas recordações para quem compareceu ao Núcleo Central – Curitiba/PR. O FestiVôlei Compartilhar 2015 reuniu alunos e ex-alunos do projeto Núcleos de Iniciação ao Voleibol no Paraná, promovido pelo Instituto Compartilhar na capital paranaense. O festival foi aberto para toda a comunidade, buscando incentivar a prática do esporte em Curitiba. Ao todo, um pouco mais de 170 pessoas, sendo 60 ex-alunos, estiveram presentes entre integrantes do núcleo e instituições convidadas.

Logo que chegaram ao ginásio da Secretaria do Estado do Esporte e do Turismo, local de realização das atividades do núcleo, os visitantes passaram por uma espécie de museu de recordações, com cartazes contando detalhes sobre o projeto, fotos de antigas turmas e uma série de materiais como camisas, recortes de jornal e medalhas levadas com muito carinho pelos próprios ex-alunos. Para os jogos foram disponibilizadas para os participantes nove quadras de minivôlei, no formato das categorias Mini 3×3 e Mini 4×4. O movimento foi tanto que se formaram filas para jogar, mas ninguém ficava parado por muito tempo. As partidas eram curtas e ao término de cada jogo as duas equipes saiam, possibilitando a prática do voleibol e muita diversão para todos. Ao final, foi feito um sorteio de brindes para os participantes, como camisas, sacochilas e garrafinhas do projeto.

Ex-alunos do projeto Núcleos de Iniciação ao Voleibol no Paraná se divertem jogando contra equipe formada pelos professores do Núcleo Central.

Com o grande número de ex-alunos, as histórias e lembranças do projeto que acontece em Curitiba desde 1997 foram diversas.  A Vanessa Crippa, 23 anos, contou sua história de transformação pelo voleibol: “o projeto foi a melhor época da minha vida”. Vanessa ingressou no projeto em 1998 e, segundo ela, foi graças ao esporte que ela teve acesso a uma formação de qualidade. “Na época meu pai não tinha condições de pagar um colégio particular e praticar no Centro Rexona de Excelência ao Voleibol me proporcionou estudar nas melhores instituições de Curitiba devido a bolsas de estudo que ganhei por causa do esporte”, relembra. Ela ainda conta que além do voleibol os valores aprendidos no projeto também foram importantes para a sua vida: “educação é tudo na vida da gente. Com o professor Alexandro Martins eu aprendi princípios que se aplicam tanto dentro de quadra como na vida”.

A ex-aluna Evelyn Andrade da Silva, de 22 anos, ingressou no projeto em 2002. No mural de fotos ela encontrou uma em que estava presente, se emocionou e matou a saudade dos professores. “No projeto aprendi coisas que melhoraram a minha infância e a minha vida. Isso se comprovou ao chegar aqui e ter tantas lembranças gostosas. Reencontrei professores, como a Tati Ribas, o Josmar Coelho e o Fábio Okazaki (o Fabinho) que foi meu primeiro professor na categoria Baby (atual Mini 2×2)”, relembra.

Participantes do FestiVôlei Compartilhar 2015 acrescentam relíquias ao espaço de lembranças do evento, como camisas, medalhas e até recortes de jornal.

O encontro também foi muito especial para a analista de projetos do Instituto Compartilhar, Ana Elisa Caron, também ex-aluna do núcleo. Ela conta que foi o primeiro festival organizado pelo Compartilhar que buscou reunir ex-alunos e acredita que o FestiVôlei Compartilhar 2015 cumpriu seus objetivos: “fiquei muito feliz com a realização do evento. Era uma iniciativa que queríamos ter feito há muito tempo e que se fez possível em 2015. Foi muito gostoso ver os reencontros de professores e alunos. Certamente precisamos de mais edições”, concluiu Ana.

O FestiVôlei Compartilhar 2015 foi idealizado pelo Instituto Compartilhar em contrapartida aos recursos da Sports United e da Partners of Americas, em virtude do sucesso do projeto Compartilhando um Ideal. Entenda aqui.

Parceiros do projeto Núcleos de Iniciação ao Voleibol no Paraná: Governo do Estado do Paraná e Unilever. Via Lei Federal de Incentivo ao Esporte: Unilever e Ministério do Esporte.

Fotos: Divulgação IC.

Encontro de alunos e ex-alunos marca encerramento do Núcleo Forte do Leme – Rio/RJ após oito anos de atividades

Professores e alunos entram em quadra e relembram momentos juntos.

Professores e alunos entram em quadra e relembram momentos juntos.

O dia 05 de dezembro vai ficar marcado na memória do projeto Esporte em Ação, Núcleo Forte do Leme – Rio/RJ. É que neste dia, alunos, ex-alunos, professores e parceiros que passaram pelos oito anos do núcleo se reuniram para uma grande festa de final de ano e uma emocionante despedida que encerrou oficialmente as atividades no local. Representantes do Instituto Dynamo, antigo parceiro do núcleo, Paula Rocha e Sheila Najberg e o gerente executivo do Instituto Compartilhar, Luiz Fernando Nascimento – o Nando – estiveram presentes. O restaurante Delírio Tropical, parceiro institucional do Compartilhar, forneceu lanche para os presentes.

Os professores estavam orgulhosos de ver que aquelas crianças e adolescentes, agora jovens e adultos estão realizando seus sonhos, estudando em universidades ou já formados. “Hoje é um dia de muita alegria. Apesar do coração apertado pelo fim do projeto, temos que ficar felizes pelo trabalho que realizamos estes anos todos e os resultados gerados”, avalia a coordenadora Karina Lins e Silva.

Instituto Compartilhar homenageia coordenação, professores e administrativo do Núcleo Forte do Leme.

Instituto Compartilhar homenageia coordenação, professores e administrativo do Núcleo Forte do Leme.

A todo momento, alunos e ex-alunos agradeceram aos profissionais pela convivência e pelos ensinamentos de valores. “O que me trouxe aqui hoje foi reconhecer a importância que este projeto teve na minha vida e relembrar bons momentos que passei com meus amigos aqui”, conta o ex-aluno Raphael de Farias, 20 anos. “O núcleo era o ponto de encontro do pessoal que estudava na Escola Municipal São Tomás de Aquino e formamos um grupo muito unido e forte. A gente estudava junto e vinha junto para cá”, complementa. Raphael foi aluno de capoeira, entrou no projeto com 12 anos e mesmo após ter atingido a idade máxima de participação, por dois anos ele continuou indo ao Forte do Leme para ajudar nas aulas. “Foi difícil quebrar o vínculo”, contou.

É claro que a bola não ficou parada por nenhum minuto do evento. Nas quadrinhas montadas ou fora delas, a diversão estava garantida e até os professores formaram uma equipe para jogar com os alunos. Ao final, o Nando fez homenagens a cada professor, entregou uma placa nominal e um caderno, assim também para parceiros presentes – Instituto Dynamo e Escola Municipal São Tomás de Aquino. Uma roda de capoeira, organizada pelo ex-aluno Jefferson Santos encerrou o evento.

Grande festa marca descontinuação do projeto Esporte em Ação no Rio de Janeiro.

Grande festa marca descontinuação do projeto Esporte em Ação no Rio de Janeiro.

Após oito anos de atividades, o Núcleo Forte do Leme do projeto Esporte em Ação foi descontinuado. Nos últimos três anos, o núcleo sofreu com a queda de alunos devido à grande oferta de outros projetos sociais e a ampliação do horário das escolas municipais do Rio de Janeiro. Diversas ações de divulgação foram realizadas, mas os resultados não apareceram. O Instituto Compartilhar agradece aos professores, coordenação e pessoal administrativo pelos anos de dedicação e resultados gerados na vida dos alunos e, consequentemente, familiares. 

Parceiros do Núcleo Forte do Leme: Exército Brasileiro e Editora Sextante.

Fotos: Adriana Lorete

Notícias Recentes
Leia Mais
7 de abril de 2016
Núcleo Natal/RN recebe visita técnica da analista de projetos do Instituto Compartilhar, Kátia Keller, e encontro é bastante produtivo

Em outra matéria os destaques foram as visitas técnicas realizadas aos núcleos socioesportivos…

Leia Mais
5 de abril de 2016
Profissionais e acadêmicos da área da saúde dão dicas importantes aos alunos do Núcleo Natal/RN do projeto Vôlei em Rede

Orientações de primeiros socorros conquistaram a atenção das crianças e adolescentes do Núcleo…

Leia Mais
1 de abril de 2016
Biblioteca Núcleo Guaratuba é inaugurada e incentiva alunos a desenvolverem o hábito da leitura

Idealizada pela professora de educação física Cássia Graciotto, a Biblioteca Núcleo Guaratuba –…

Leia Mais
Alunos ficam motivados após primeiro festival de 2016 nos Núcleos Lagoa Santa/MG

As crianças e adolescentes dos núcleos Campinho e Santos Dumont – Lagoa Santa/MG…

Leia Mais
31 de março de 2016
Visitas técnicas são realizadas em vários núcleos socioesportivos do Instituto Compartilhar espalhados pelo Brasil

Durante o mês de março a analista de projetos do Instituto Compartilhar, Kátia…

Leia Mais
24 de março de 2016
Em clima de diversão, crianças e adolescentes do Núcleo Central – Curitiba/PR conhecem o significado dos elementos que representam a Páscoa

Mistério, felicidade, atividade física e, é claro, voleibol resumem a comemoração da Páscoa…

Leia Mais
20 de março de 2016
Núcleo Natal/RN participa da 3ª Caminhada pela Inclusão em comemoração ao Dia Internacional da Síndrome de Down

Os alunos do Núcleo Natal/RN saíram pelas ruas da cidade no domingo, 20…

Leia Mais
4 de março de 2016
Viagem ao Rio de Janeiro/RJ marca formatura dos alunos do Núcleo Central, em Curitiba

A dedicação de mais de 20 adolescentes do projeto Núcleos de Iniciação ao…

Leia Mais
22 de fevereiro de 2016
Evento no Núcleo Natal/RN tem como tema principal a prevenção de doenças como Dengue e Zika Vírus

Com mais de sete mil casos de suspeita de dengue registrados na cidade…