Notícias

Mais de 300 crianças e adolescentes passam uma tarde de voleibol e amizade em Curitiba/PR

Alunos revezam entre jogos, arbitragem e oficina.

O Ginásio do Tarumã em Curitiba estava cheio, no dia 31 de agosto – sábado – e era bonito ver cerca de 300 crianças e adolescentes de 11 e 12 anos distribuídas, em trios, em muitas miniquadras de voleibol. O clima era de muita diversão, amizades e responsabilidade entre alunos de 16 instituições de Curitiba e Região Metropolitana. O evento foi realizado pelo projeto Núcleos de Iniciação ao Voleibol no Paraná, Núcleo Central e contou com a ajuda de alunos da turma de Vôlei Especial.

Logo no início, os participantes de cada instituição reuniram-se e confeccionaram cartazes para se apresentarem aos demais colegas, tiraram fotos para registrar a chegada entusiasmada no evento e cantaram o Hino Nacional Brasileiro. Já em quadra, meninos e meninas estavam bem à vontade e conseguiram praticar o esporte com facilidade. As equipes eram formadas por três integrantes de ambos os gêneros, feminino e masculino.

Oficina de avaliação física: acadêmicos de educação física da UTFPR realizam aferição de peso, altura e circunferência de quadril e cintura.

Paralelamente aos jogos, foi montada a oficina de avaliação física que tinha como objetivo alertar aos participantes sobre o tema principal do festival: “praticar atividade física é ganhar saúde todos os dias”. Nela, acadêmicos de educação física da Universidade Tecnológica Federal do Paraná – UTFPR – fizeram aferição de peso, altura e circunferência de quadril e cintura dos alunos para que pudessem saber como estava a saúde. Em seguida, os pais, responsáveis e acompanhantes também puderam participar da oficina. “acho muito importante este trabalho do Instituto Compartilhar de ensinar valores e colocar sempre um tema paralelo ao evento. A questão da importância da atividade reforça o que nós ensinamos no colégio”, conta a professora Luciane Sieklicki do Colégio Nossa Senhora de Fátima. Segundo ela, os alunos adoram participar dos eventos e estavam muito ansiosos para a chegada do dia.

Com o objetivo de proporcionar maior interatividade entre instituições diferentes, aumentar o número de jogos e facilitar a troca de experiências, as partidas eram de dez pontos apenas e as equipes ganhavam carimbos de cores diferentes no crachá que os indicava para qual área de jogos iriam. Cada aluno jogou, em média, sete partidas. Em forma de rodízio, enquanto uns jogavam e outros participavam da oficina, alguns trios eram responsáveis pela arbitragem das partidas. Apitar, atualizar o placar e anotar os vencedores, fez com que os participantes praticassem a responsabilidade, principal valor trabalhando na categoria Mini 3×3 da Metodologia Compartilhar de Iniciação ao Voleibol. Para a professora do Núcleo Central, Tatiana Ribas, responsável no evento por ensinar a arbitragem aos alunos, o festival só funcionou bem porque todos cumpriram com suas funções. “Como dividimos as responsabilidades de cada grupo e contamos com a grande ajuda dos alunos das turmas especiais, o evento ocorreu tranquilamente”, avalia.

Responsáveis e familiares dos participantes do festival também se divertem em quadra.

Quem foi até o Ginásio Tarumã para acompanhar as crianças e adolescentes e prestigiar o festival não passou vontade de também participar. É que ao final, todos tiveram a oportunidade de jogar voleibol e se divertir com os alunos, que foram presenteados com garrafinhas de água do Instituto Compartilhar.

Do Instituto Compartilhar, além do projeto Núcleos de Iniciação ao Voleibol, estavam também alunos do Núcleo Cidade Jardim – São José dos Pinhais/PR do projeto Esporte em Ação. Demais instituições foram: Colégio Nossa Senhora do Rosário, Colégio Dom Bosco, Escola Estadual Manoel Ribas, Colégio Sion, Colégio Senhora de Fátima, Colégio Positivo, Colégio Medianeira, Colégio Estadual Plínio Tourinho, Colégio Suíço Brasileiro, Clube Círculo Militar, Clube Duque de Caxias, Clube Santa Mônica e Leões do Vôlei.

Parceiros do projeto Núcleos de Iniciação ao Voleibol:

Governo do Estado do Paraná e Unilever

Via Lei de Incentivo ao Esporte: Unilever, Itaú e Ministério do Esporte.

Fotos: Divulgação IC

Comentários encerrados.

Notícias Recentes
Leia Mais
7 de abril de 2016
Núcleo Natal/RN recebe visita técnica da analista de projetos do Instituto Compartilhar, Kátia Keller, e encontro é bastante produtivo

Em outra matéria os destaques foram as visitas técnicas realizadas aos núcleos socioesportivos…

Leia Mais
5 de abril de 2016
Profissionais e acadêmicos da área da saúde dão dicas importantes aos alunos do Núcleo Natal/RN do projeto Vôlei em Rede

Orientações de primeiros socorros conquistaram a atenção das crianças e adolescentes do Núcleo…

Leia Mais
1 de abril de 2016
Biblioteca Núcleo Guaratuba é inaugurada e incentiva alunos a desenvolverem o hábito da leitura

Idealizada pela professora de educação física Cássia Graciotto, a Biblioteca Núcleo Guaratuba –…

Leia Mais
Alunos ficam motivados após primeiro festival de 2016 nos Núcleos Lagoa Santa/MG

As crianças e adolescentes dos núcleos Campinho e Santos Dumont – Lagoa Santa/MG…

Leia Mais
31 de março de 2016
Visitas técnicas são realizadas em vários núcleos socioesportivos do Instituto Compartilhar espalhados pelo Brasil

Durante o mês de março a analista de projetos do Instituto Compartilhar, Kátia…

Leia Mais
24 de março de 2016
Em clima de diversão, crianças e adolescentes do Núcleo Central – Curitiba/PR conhecem o significado dos elementos que representam a Páscoa

Mistério, felicidade, atividade física e, é claro, voleibol resumem a comemoração da Páscoa…

Leia Mais
20 de março de 2016
Núcleo Natal/RN participa da 3ª Caminhada pela Inclusão em comemoração ao Dia Internacional da Síndrome de Down

Os alunos do Núcleo Natal/RN saíram pelas ruas da cidade no domingo, 20…

Leia Mais
4 de março de 2016
Viagem ao Rio de Janeiro/RJ marca formatura dos alunos do Núcleo Central, em Curitiba

A dedicação de mais de 20 adolescentes do projeto Núcleos de Iniciação ao…

Leia Mais
22 de fevereiro de 2016
Evento no Núcleo Natal/RN tem como tema principal a prevenção de doenças como Dengue e Zika Vírus

Com mais de sete mil casos de suspeita de dengue registrados na cidade…